12 temperos que fazem bem para a saúde

Revista Super Interessante - Por Raquel Sodré

Consumir sal demais – todo mundo sabe – pode causar aumento da pressão arterial. A hipertensão, segundo dados do Ministério da Saúde, é a responsável por 50% dos infartos, 80% dos AVCs (Acidentes Vasculares Cerebrais) e 25% dos casos de insuficiência renal. E não precisa ser velho para sentir os efeitos do excesso de sódio no organismo: uma pesquisa da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, apontou que uma em cada cinco pessoas dos 24 aos 32 anos são hipertensas por lá. No Brasil, ainda não há dados oficiais da hipertensão em jovens, mas os médicos relatam que os casos têm sido cada vez mais frequentes.

Uma forma fácil de prevenir a doença é, claro, cortar a quantidade de sal na comida. Mas você não precisa comer aqueles pratos sem graça por causa disso. Abaixo, sugerimos 12 temperos que, além de dar sabor aos pratos e ajudar você a precisar de menos sal, ainda trazem outros benefícios à saúde.

 

1. Alho

ai-ai

Sabe aquele cheiro de alho que impregna nas mãos, na boca, na vida? Pois é exatamente nele que estão as principais características desse tempero. O odor do alho é formado por compostos que contêm enxofre, e ele é bom para o tratamento de resfriados, infecções pulmonares e digestivas.

 

2. Alecrim

alecrim-dourado

A planta possui um óleo volátil – a rosemaricina – que melhora a circulação, estimula a digestão e possui um leve efeito diurético.

 

3. Canela

canela-canela

É um alimento termogênico. Assim, aumenta o metabolismo e auxilia na perda de peso. Além disso, ela é usada para tratar náusea, vômito e problemas digestivos. Já o óleo de canela contém eugenol, substância que tem uma leve ação sedativa e ajuda a relaxar a musculatura.

 

4. Cominho

cominc

Cientistas de Israel identificaram no cominho uma substância que pode ajudar a prevenir o câncer. Cominho também é rico em cálcio e vitaminas B1 e B2 – por isso, é bom para o fígado.

 

5. Cebolinha

cebolinha-ceb

Aquelas folhinhas em formato de tubo contém propriedades bactericidas, ajudam a controlar a pressão arterial e contêm as vitaminas A e C.

 

6. Coentro

coriander-folhas

Muito usado para temperar peixes, o coentro contém os flavonoides (antioxidantes) linalol, pineno e terpino, que auxiliam na digestão e têm propriedades bactericidas e fungicidas. A semente do coentro é rica nas vitaminas C, vitaminas do complexo B e cálcio.

 

7. Louro

louro-louro

Aquela folhinha que você coloca para temperar o feijão estimula os sucos digestivos. O louro contém fitonutrientes, que previnem dores de cabeça.

 

8. Manjericão

Quem diria que aquele verdinho em cima da pizza margherita teria tantas propriedades! O manjericão é antioxidante, ajuda na digestão, alivia cólicas (alô, TPM!) e diminui a formação de gases. E ainda ajuda nas dores musculares, pois é rico em eugenol.

 

9. Noz-moscada

noz-m

A erva, de cheiro e sabor bem fortes, é rica em miristicina e, por isso, é usada nos remédios para náusea, má digestão e cólica.

 

10. Orégano

Outro indefectível ingrediente das pizzas, o orégano também é antioxidante, contém muito cálcio e um óleo essencial com propriedades fungicidas. As folhinhas estimulam o sistema imunológico, melhoram a digestão e o trato respiratório.

 

11. Pimenta

pimenta-pim

As pimentas, abundantes no Brasil, têm capsaicina. A substância é usada no tratamento de diversos tipos de dores (lembrou da sua avó dizendo que “tudo que arde, cura”?). Estudos apontam que a capsaicina também libera endrominas no cérebro. Além disso, as pimentas são potentes vasodilatadores e descongestionantes, e são ricas em vitaminas A e C.

 

12. Tomilho

thymee

Bom para comer com carnes, o tomilho é digestivo. Como o alecrim, contém óleos voláteis que fortalecem o sistema imunológico e tem ação bactericida, fungicida e antiviral.

 

Fonte: Nutrição em Pauta

Imagens: Thinkstock/Wikimedia Commons/Getty Images

Revista Superinteressante

Gerência de Benefícios ao Servidor