Você sabia que Alto Paraíso deverá se tornar uma cidade sustentável?

 

Considerado patrimônio natural pela Unesco, o município goiano de Alto Paraíso, com mais de seis mil habitantes, fica no ponto mais alto do Planalto Central. A cidade que encanta e atrai turistas pelas belezas naturais, terá destaque mundial com o lançamento do programa 17 Objetivos Globais Sustentáveis do Milênio.

Proposto pelo Governo de Goiás, a Secretaria Cidadã associada ao objetivo de colocar Alto Paraíso em nível global para sustentabilidade econômica, social e ambiental, participa do lançamento do programa com proposta de ações na área social. O evento acontece às 10 horas desta segunda-feira, dia 13 , no Templo do Sri Prem Baba ( distante oito quilômetros de Alto Paraíso, em direção à comunidade São Jorge).

Dentre as ações que contribuem para tornar Alto Paraíso uma cidade conceituada no mundo todo, a Secretaria Cidadã se associa aos objetivos: acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares; acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável; alcançar a igualdade de gênero e empoderar as mulheres e meninas; promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos; reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.

Histórico
O governador Marconi Perillo esteve ano passado em Alto Paraíso de Goiás para discutir a elaboração de um programa de parceria entre o Governo de Goiás, a prefeitura e o mestre Sri Prem Baba. A visita contou com participação de especialistas, para estabelecer metas e transformar o município em referência global de sustentabilidade econômica, social e ambiental, e em modelo no cumprimento das 17 Metas Globais de Desenvolvimento Sustentável.

Em maio deste ano foi realizada uma reunião de trabalho com representantes de sete secretarias para definir ações que transformem Alto Paraíso, na primeira cidade sustentável do Brasil. Foram estabelecidas ações que serão viabilizadas dentro de 17 objetivos que vão desde o incentivo ao uso e à produção de bens, à energia solar e também a programas na área de educação e saúde local.

Mais informações: (62) 3201-8561