Você sabia que os idosos têm descontos em passagens?

 Muitas pessoas viajam neste mês de julho e antes de embarcar para qualquer destino é importante se planejar e saber dos direitos como passageiro. Entre essas pessoas estão os idosos, que cada vez mais estão dispostos a conhecer diferentes locais.

Dados do Ministério do Turismo mostram que a população acima de 60 anos já responde por quase 18 milhões de viagens ao ano no Brasil, o que representa uma fatia de 9% do mercado nacional.

As pessoas com mais de 60 anos têm direitos específicos garantidos no Estatuto do Idoso, mas segundo o Procon Goiás muitos ainda não têm conhecimento dos benefícios, por exemplo, quando utilizam o transporte rodoviário. Diante dessa falta de informação, o site Goiás Agora conversou com a superintendente do Procon Goiás, Darlene Araújo, para esclarecer os principais direitos do idoso como passageiro.

Ela informa que o idoso pode viajar de graça ou por um valor mais em conta. A empresa deve disponibilizar sempre dois assentos gratuitos para os idosos no transporte coletivo interestadual. Segundo Darlene, se não conseguir o assento gratuitamente por conta da demanda, o idoso pode adquirir a passagem com 50% de desconto. “Para isso, deve apresentar a Carteira do Idoso confirmando a idade superior ou igual de 60 anos”, explica. A carteira do idoso é um documento emitido em todas as unidades do Vapt Vupt.

Sem título

Confira todos os direitos no Estatuto do Idoso, clicando aqui.

rodoviaria-de-goiânia-1-220x161A dica de Darlene é tentar comprar a passagem com antecedência para conseguir este assento gratuito. Outro ponto importante a ser ressaltado é que, para viagens com distância de até 500 quilômetros, o idoso terá que solicitar a passagem mais barata com seis horas de antecedência. E para viagens com distâncias acima de 500 quilômetros, a solicitação tem que ser feita com 12 horas de antecedência.

Depois da reserva feita, o passageiro tem que ficar atento ao embarque, visto que terá que chegar ao local de partida 30 minutos antes da saída do veículo. No caso de viagens aéreas, Darlene esclarece que ainda não há direitos previstos em lei para os idosos.

Denúncia
Para qualquer desrespeito, o Procon Goiás tem o telefone 151 para denúncias e também pelo site do Procon, no Procon Web.